Pão & Prosa

O pão que não pode faltar e a prosa gostosa de sempre!

A FÉ CAIDA

Conceito de céu e inferno é mais antigo que andar pra frente, pois bem, mas quem garante que existe um ou o outro, as pessoas tendem a acreditar naquilo que lhes confortam, é assim quando crêem que “Deus” vai lhes dar algo bom e se o bem ele proliferar e é isso que permite que as pessoas de “bem” durmam tranquilas, por que acreditam que quem faz o mal, está fazendo o mal a si mesmo, tudo isso é poesia barata, pobre e medíocre, hoje é fato que quando uma sociedade se desvincula de “DEUS” e quando eu falo “DEUS” eu quero falar toda e qualquer religião que crê em alguma ou varias divindades, toda sociedade que evolui se desvincula desse conceito religioso, alguns países da EUROPA, excetuando a Itália que de todos é onde o fenômeno ainda tem menor impacto, tem tido uma queda no numero de fies e templos voltados ao culto de alguma divindade e com isso os índices em quase todas as áreas desses países tem sido surpreendente, os países que assim como o Brasil ainda amarram suas ações a barra da saia de “DEUS” vivem com um pé em tempos medievais e com isso atrasados estão e são recorrentes nesse erro, esse conceito de Deus que permite que o pobre miserável permaneça, pobre e miserável, por que em algum momento de suas vidas eles acreditam que “DEUS” assim o quis, que é um TESTE de fé, passar fome e viver em condições subumanas virou sacrifício divino, enquanto corruptos e ricaços gozam de todos os prazeres da carne, cometendo todo o tipo de crime e desvirtuando a tudo e a todos, mas a crença de que aqueles ricaços terão todo o mal feito de volta, acalmam a casta mais miserável da população e por isso ninguém se revolta e toma as ruas e causam uma revolução para mudar o cenário, todos vivendo como gado e acreditando que é um comando DIVINO, viver desse jeito.

Serei mais enfático, não sei se há céu ou inferno, mas duvido muito nessa lei de que aqui se faz, aqui se paga, eu acho que essa lei se aplica aos pobres, sem informação, que vivem abaixo da linha da pobreza, por que alguém que corrompe, desvia verba publica, se beneficia da ignorância dos outros e faz todo tipo de falcatruas nem sempre é pego e nem sempre morre de câncer e nem sempre perde seu filhos, famílias inteiras se criaram com dinheiro sujo e nem por isso temem mal nenhum como troco, vivem em seus resorts, possuem casas de veraneio pelo país, viajam o mundo para ver neve e comem caviar como lanche da tarde, duvido muito que haja um inferno para eles depois dessa vida e para os pobres miseráveis um céu, todos são farinha do mesmo saco, só que o rico detêm a informação e o dinheiro, não pega dengue e nem morre de frio embaixo das pontes, o povo tem que parar de viver na era medieval e para de guiar suas vidas por leis tão tacanhas, ou então continuar se lamuriando pelos cantos com seus iguais e continuar acreditando que um Dia Deus irá lhes dar o que é céu de direito por serem comportados… só uma coisa me vem a cabeça, Sinto MUITO, vocês foram enganados.

Anúncios

Single Post Navigation

4 thoughts on “A FÉ CAIDA

  1. ana paula on said:

    O povo anda alienado, com uma construção totalmente humana do ser Deus!
    Faz tempo que não vinha aki!
    Nem sei se lembras do meu blog, mas td bem…Aqui está td ótimo, como de costume.
    Abraço.

  2. Patricia Suedde on said:

    Oi Gil,
    É realmente muito complicado ter fé em um mundo tão injusto.Mas,acredito em uma energia, uma força, sei lá, algo maior que rege o mundo.Creio que o vc emite para o universo seja negativo ou positivo volta para vc(o que chama de lei do retorno).A idéia de que a fé é para ignorantes, surgiu com os iluministas, desta época até os dias de hoje os intelectuais rejeitam a existência de um Deus,Não tenho religião,porém penso que a vida tem uma fluência tão natural e tão perfeita que não posso deixar de crer nessa força.
    Bom, fé é isso, acreditar no improvável,ver milagre em algo que pode ser uma simples coincidência,acreditar no impossível.O ser humano é assim,precisa de um motivo maior para dar sentido a vida.

    • Gil Nascimento on said:

      Patricia, como sempre concordo com você em numero, genero e grau! Realmente acredito que a humanidade não teria sobrevivido tanto tempo sem ter algo maior para crer, essa ideia de um ser supremo e de um julgamento universal que limita de alguma forma as condutas daqueles que acreditam que queiramos ou não ainda é a maioria, sem uma crença dessa magnitude o homem não teria freios para a maldade, não haveria meta para o mal, não haveria um limite para os absurdos, o numero de religiosos fanaticos vem caindo, a medida que os escandalos envolvendo a fé são denunciados e ganham as manchetes de jornais e tudo mais, mas ainda assim é muito pouco para um comportamento de séculos, o homem precisa acreditar em algo, para que sua vida tenha sentido, o homem crente é incapaz de imaginar uma vida sem céu, inferno, pecado, Deus, Castigo, Juizo FINAL, esses valores norteiam a sociedade desde que o mundo é mundo, felizmente tem deixado de ser o centro das atenções, com as academias de conhecimento disseminadas, hoje há pelo menos a opção de se pensar DEUS, fora da caixa(numa linha mais arrojada, fora do comum) e com isso a humaniidade vem evoluindo, a passos relativamente gigantes. Mas Patricia é sempre um prazer trocar ideia contigo, de iluminista para iluminada… Aparece mais vezes…

      Um beijO!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: