Pão & Prosa

O pão que não pode faltar e a prosa gostosa de sempre!

Da Escola à Honduras.

ligação indireta

Por Gil Nascimento.

É mais do que obvio a importância da escola na vida das pessoas, desde a escola básica com informações que num primeiro momento parecem inúteis até mesmo as faculdades com informações que desde o primeiro momento parecem essenciais, todas as etapas de ensino são importante, descobri que até mesmo para se entender as noticias de um telejornal, noticias básicas, como: o aumento da taxa de desemprego, subida do dólar, queda nas bolsas, taxa de mortalidade, aumento da violência e até mesmo simples atos diplomáticos. Todos os assuntos citados são discutidos corriqueiramente em salas de aulas desde o ensino médio e ao chegar nas faculdades esses assuntos se tornam mais robustos e neles é agregados informações técnicas que nos dar um maior entendimento sobre o processo e como se dão esses fenômenos, pois bem, é notório que os jornais perdem feio para as novelas das oito, mas isso ilustra uma realidade deturpada, o brasileiro gosta de jornal, só não entende o mesmo, informações internacionais e até mesmo nacionais, ligadas a assuntos que não são comum ao intelecto da massa passaram a ser denominados “chatos” e serão ignorados, assim acontece com a política por exemplo, ninguém ver ou os poucos que assistem ainda entendem errado ou tomam o titulo da noticia como verdade absoluta sem se interessar pelo conteúdo, isso acontece em sua maior parte pela baixa escolaridade da população brasileira, enquanto a massa termina o ensino médio em instituições quase que sem compromisso com o ensino outros nem a esse feito meramente básico chegam, aos poucos que chegam a faculdade essa realidade é fatica. Se estivéssemos falando de uma população que tem por cultura freqüentar o ensino superior, assuntos como o caos em Honduras não seriam “chatos”, pois diplomacia, o papel dos diplomáticos, funcionamento das embaixadas, Estados Totalitários, Golpes de Estado, esses pontos são necessários se não essenciais para entender a situação de Honduras, do presidente deposto Zelaya e do presidente que está no lugar Micheletti, por que não se pode violar a embaixada brasileira enquanto houver diplomacia, por que o Brasil não reconhece o governo de Michelletti não é reconhecido como governo legitimo, todas essas nuances são desconhecidas do publico comum brasileiro, mas aqueles que freqüentam ou freqüentaram escolar e/ou faculdades, conseguem discerni sobre esses assuntos, da escola à Honduras.

Anúncios

Single Post Navigation

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: