Pão & Prosa

O pão que não pode faltar e a prosa gostosa de sempre!

Gírias, como viver com elas?


new post
Por Gil Nascimento.


Pois bem, em todos os lugares elas estão nos rodeando, as gírias são responsáveis por confusões, novas tendências, moda, seleção e rotulo de grupos.

Em todos as regiões do brasileiras é  possível identificar gírias em seus diálogos, algumas pegam e outra nem tanto, a exemplo, no tempo de nossos avós para designar uma pessoa bem vestida que sabia bem como se postar, era utilizado a gíria “descolado” que literalmente quer dizer algo que já fora colado e não é mais, algumas gírias acompanham a moda e o tempo e como os dois passam, a exemplo, “supimpa” essa é velha mesmo, lá do baú de meu antepassados, designava algo bom, bem feito até mesmo bonito! (imagina só), existem muitas outras gírias que foram marcantes em seus tempos tornando aquele ou aquela “da hora” por falar essas coisas!

Houve também um tempo que falar gírias era descriminado e as gírias passou a ser atribuída a grupos rebeldes, marginais, que resistiam a norma culta do idioma corrente, quase que criando um dialeto alternativo.

Foi assim com os HIPS, Roqueiros e outros grupos que foram perseguidos pela forma como falavam, eram “estranhos” mas resistiram na marginalidade e até hoje suas gírias estão ai… quem não lembra do Paz & Amor, até hoje meninas e “meninos” tiram fotos para o orkut com os dois dedos levantados e não fazer a mínima idéia do que aquele símbolo já representou e representa, ou atém mesmo os surfistas com seu HANG LOOSE, muita gente se achava o máximo fazendo aquele sinal e também nem sabe o que significa.

Mas não se iludam, falar gírias pode parecer “da hora” “sacou” ?

Mas cuidado, isso pode criar um vicio de linguagem e os vícios de linguagem como todo vicio é de difícil tratamento, minha esposa reclama que eu falo muita gíria, mas eu sempre fico me vigiando para não exagerar e “pisar na jaca” numa dessas, como deixar “baratino” e saber que tem o vicio de linguagem, quando não conseguir substituir as gírias em uma frase por uma outra palavra, quando perceber que suas frase sempre tem as mesmas palavras e todas elas são “gírias”,  as gírias nos meios informais é mais do que aceitável, porém em um ambiente de trabalho ou em qualquer outro ambiente mais formal, mesmo que entre amigos as gírias não são compreendidas como sinal de moda e sim como sinal de pouca instrução, (claro que uma coisa nem sempre tem ligação com a outra), porém, contudo, todavia, entretanto, você “fica mal na foto”, conheço pessoas que perderam em seleção de emprego por não conseguirem desenvolver um texto formal.

Mas “vei” não fique “bolado” se você ainda não fez 50 anos ainda pode corrigir esse desvio linguistico, basta ler algo além das paginas de orkut dos outros, assistir mais um pouco de tv, mas programas como A fazenda, BBB, Novelas, não vai lhe ajudar muito, assista jornais, programas de entrevista, quando o entrevistado prestar, e não fique “viajando” não, se mantenha “Na atividade” é isso ai “sacaninha”.

O Lance é usar as gírias nos locais apropriados e com as pessoas certas, para não parecer vázio e bobo, fale gírias com seus “chegados” mas tenha sempre um bom vocabulário para não ficar e nenhuma “saia justa”. Sacou?

Anúncios

Single Post Navigation

2 thoughts on “Gírias, como viver com elas?

  1. Bruno dos Santos Souza on said:

    Concordo plenamente! Também acho muito comum falar gírias, e quem não fala? E conheço várias pessoas que já se prejudicaram por isso, tanto com relação a perder uma oportunidade de emprego, como até mesmo sofrer preconceito dos próprios amigos que evitavam convidar essa pessoa a ir a casa da sua família com vergonha das gírias do amigo.

    • Gil Nascimento on said:

      É comum as pessoas discriminarem as pessoas que falam muitas gírias, por que acompanhando as gírias sempre vem símbolos, gestos, jeito de se vestir e se portar, são esses por menores que marginalizam e alienam algumas pessoas nessa nossa sociedade hipócrita e demagoga!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: